Conheça o asteroide que vale mais que toda a economia da Terra

O asteroide 16 Psique que vale dezenas de vezes mais do que toda a economia mundial junta (US$ 10 quintilhões). O asteróide é uma rocha gigante à base ferro e níquel, e um poço de novos conhecimentos para os cientistas, a NASA quer lançar uma missão para o 16 Psique em 2023.

Asteroide 16 Psique

16 Psique é um asteroide situado no cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter.

O seu diâmetro tem mais de 250 km, e a sua massa é quase 1% de toda a massa existente no cinturão de asteroides. É o de maior massa de todos os asteroides metálicos do tipo M e consiste em grande parte em ferro.

Agora, um novo estudo feito a partir de observações do telescópio espacial Hubble acaba de lançar uma nova luz sobre este asteroide que é composto inteiramente por ferro e níquel.

Asteroide 16 Psique
RaioMassaPeríodo orbitalGravidadeTipo espectralOrbita
113 km2,72 × 10^19 kg1 823 dias0,06 m/s²Asteroide tipo MSol

Porquê valioso o asteroide é tão valioso?

Justamente por conta da sua composição, por ser tão rico em metais valiosos para utilização na Terra. Cálculos por alto apontam para que no seu todo 16 Psique poderá valer uma soma equivalente a várias dezenas de vezes o total da economia mundial – isto supondo que um dia será possível ir lá ir buscar algum desse material.

Dada a sua natureza, os cientistas trabalham com a hipótese que esse asteroide, localizado a 370 milhões km da Terra, poderá na verdade ser o núcleo metálico de um planeta muito antigo, do início da formação do sistema solar, que devido a colisões com outros corpos celestes acabou, por ficar sem as suas camadas superiores.

A confirmar-se esta hipótese, o estudo de 16 Psique será um pouco como olhar para dentro de um planeta rochoso como a Terra, que tem igualmente no interior um núcleo metálico, mas em estado líquido, dada a enorme pressão a que está submetido.

Ou seja, 16 Psique também pode dar novas pistas sobre o núcleo no interior da própria Terra, ao qual não temos acesso direto.

Nesse sentido, o antigo asteroide oferece também aos cientistas uma oportunidade preciosa para estudar a formação do sistema solar, há bilhões de anos. Tudo bons motivos para olhar ao pormenor aquela gigantesca rocha distante.

Psique, visto através dos telescópios do ESO© ESO/LAM
Psique, visto através dos telescópios do ESO© ESO/LAM

Missão espacial para 2026

A NASA anunciou em 2017 o planejamento oficial da missão como parte do programa Discovery da agência, que desenvolve missões de exploração robótica de baixo custo.

De acordo com o plano, a sonda Psyche será lançada em outubro de 2023 e chegará ao asteroide metálico em 2030.

A sonda espacial passará cerca de 20 meses estudando o objeto em órbita, usando uma variedade de instrumentos para investigar a composição do objeto, ambiente magnético, campo gravitacional e outras características.

sonda Psyche

NASA e a Space X têm, aliás, agendada uma missão com lançamento previsto para 2022, rumo àquele asteroide, com chegada prevista ao destino em 2026.

O objetivo é colocar uma sonda na órbita de Psyche em um período de dois anos em órbita do asteroide, para o estudar, radiografar e mapear em detalhe.