Starship da SpaceX deve fazer novo teste de voo essa semana

SpaceX está se preparando para realizar um novo teste de voo da sua nave espacial Starship, previsto para essa semana. O próximo voo usará pela primeira vês três motores Raptor e dará um salto bem maior que os anteriores.

A nave espacial Starship e o foguete Super Heavy representam um sistema de transporte totalmente reutilizável projetado para transportar tripulação e carga para a órbita da Terra, a Lua, Marte e além.

A nave espacial será o veículo de lançamento mais poderoso já desenvolvido, com capacidade para transportar mais de 100 toneladas métricas para a órbita da Terra.

Starship aguardando novos testes.
Starship aguardando novos testes.

A nave espacial é projetada para lançar satélites mais longe e a um custo menor que nos foguetes Falcon’s atuais. 

Com um compartimento de carga maior do que qualquer carenagem atualmente em operação ou desenvolvimento, a Starship cria possibilidades para novas missões, incluindo telescópios espaciais ainda maiores que o James Webb.

O aguardado teste

Com o próprio Elon Musk supervisionando a estreia da Starship SN8, as chances de lançamento nessa semana são indiscutivelmente melhores. 

Tendo agora passado mais de 10 semanas na plataforma de lançamento, pelo menos o dobro do tempo de qualquer nave estelar anterior, informações apontam para o teste entre terça 8/12 e quinta 10/12.

O primeiro voo de teste do Starship foi realizado em no início de agosto, utilizando o protótipo SN5, equipado com apenas um motor Raptor. Um mês depois, ocorreu o segundo teste, dessa vez com o protótipo SN6, também usando um motor. Ambos atingiram uma altitude de 150 metros.

Agora, a SpaceX está preparando o protótipo NS8 com três motores Raptor para que possa atingir 15,25 km de altitude.

Projeção futura mostra a Starship entrando na atmosfera de Marte
Projeção futura mostra a Starship entrando na atmosfera de Marte. Crédito: SpaceX

O SN8 já passou por três rodadas de testes criogênicos na semana passada, nos quais se experimenta a pressurização dentro dos tanques de combustível ultra-frio.

Com os três motores instalados no NS8, a SpaceX realizará primeiro um teste de ignição estática, ou seja, a nave ficará presa no chão enquanto todos os motores são acionados simultaneamente.

Outros pequenos procedimentos para esse teste acabam por se tornar também uma série de pequenos testes, tais como o abastecimento e os testes de pré-queima de combustível.