Tianwen 1: Vídeo mostra espaçonave chinesa chegando a Marte

A agência espacial da China divulgou videos espetaculares das câmeras a bordo da espaçonave Tianwen 1, enquanto ela entrava em órbita ao redor de Marte em 10 de fevereiro.

Primeira espaçonave Chinesa em Marte

A sonda Tianwen 1 é a primeira espaçonave da China a chegar a Marte. A ambiciosa missão consiste em três espaçonaves, com um orbitador, módulo de pouso e rover, que viajaram juntos por sete meses ao Planeta Vermelho.

Tianwen 1 é a primeira espaçonave da China a chegar a Marte
Tianwen 1 é a primeira espaçonave da China a chegar a Marte

Tianwen 1 foi lançado em julho passado em um foguete Long March 5, o lançador mais poderoso no estoque da China. 

Desde que chegou a Marte na semana passada, a espaçonave manobrou de uma órbita equatorial para uma órbita polar usando outro grande disparo de seu motor principal de 674 libras de empuxo.

Vídeos espetaculares

Um dos vídeos mostra a antena direcional de alto ganho de Tianwen 1 balançando com as vibrações causadas pelo motor principal da espaçonave, que disparou por 15 minutos para desacelerar a sonda o suficiente para ser capturada em órbita pela gravidade marciana.

O horizonte marciano, aparecendo com a fina atmosfera do planeta, é visível em ambas as vistas em preto e branco. Os vídeos também mostram características da superfície marciana, como montanhas e crateras, quando Tianwen 1 passou apenas algumas centenas de quilômetros sobre o Planeta Vermelho.

A Administração Espacial Nacional da China divulgou os vídeos em seu site e por meio da plataforma de mídia social chinesa Weibo.

A agência espacial da China disse que a queima de ajuste de órbita, também chamada de manobra de esquiva, ocorreu por volta das 9h GMT (4h EST) de segunda-feira para colocar a espaçonave em uma órbita polar com periapsia, ou baixa altitude, de 164 milhas (265 quilômetros ) acima de Marte.

As autoridades chinesas disseram que a missão realizará manobras de ajuste de órbita adicionais antes de preparar a separação do módulo de pouso e rover da Tianwen 1 para tentar uma descida à superfície do Planeta Vermelho em maio ou junho.